terça-feira, 28 de outubro de 2008

quinta-feira, 28 de agosto de 2008

sexta-feira, 4 de julho de 2008

A IGNORÂNCIA DO POVO CRICIUMENSE

Criciúma - 04/07/08
Aconteceu aqui na cidade de Criciúma um teatro de rua, promovido pelo SESC intitulado "As saborosas aventuras de Dom Quixote de la mancha e seu escudeiro Sancho Pança", de um grupo teatral de Goiás. Bom, o início da peça começa com o ator interpretando Dom Quixote descendo de um dos prédios comerciais do calçadão(foto ao lado) ...mas antes de descer ele ficou por alguns instantes lá parado...e eu ali apreciando algo tão pouco realizado em nossa cidade...
Cheguei muito curiosa para ver o desenrolar da história, mas fui surpreendida pelo comentário do pessoal que estava ao meu redor. Uma mulher ficou ao meu lado e disse: "Olha só que emocionante o cara vai se suicidar", eu sorridente fiz questão de dar-lhe a boa notícia que não se tratava de um suicídio mas sim de um teatro, para meu espanto a criatura disse: "O quê? Um teatro? E eu aqui perdendo tempo com isso!"
Aquilo foi uma espécie de apunhalada, ela preferia que se tratasse de um suicídio do que uma peça teatral.
Ainda meio chocada com tal acontecimento, passa outra criatura do sexo masculino gritando: "Vão trabalhar galera por isso que a porra do nosso país não vai pra frente."
Resolvi fazer de conta que não escutei...de repente outra fala "Eita, mas vocês são uma cambada de ignorantes, perder tempo pra ver essa palhaçada"....eu juro a vocês que continue a não ouvir nada...
E por foi ... "palhaçada" "Ei, ei vão saindo da frente da minha loja" "se mata cara, se joga daí", "esse povo não tem o que fazer" "Só pode ter levado um corno, o tal infeliz" etc e tal...meus ouvidos foram bombardeados de tantas maneiras que infelizmente percebi que não tenho maturidade para saber digerir isso, entender o nível de cada pessoa, e senti uma angústia enorme em meu peito e... me retirei.
Nossa cidade ainda é muito provinciana, os Criciumense não estão acostumados ter contato com o novo... Criciúma tem uma cultura excludente..quando há algo na cidade de cunho cultural é no teatro e num valor absurdo..e me diga..quem pode ir? o povo...nunca!
Mas isso são coisas que podemos construir com o tempo, promover mais vezes, até que as pessoas passam a ter outro olhar, outra forma de perceber o encanto da vida através da arte.
Valeuuuu!!



segunda-feira, 16 de junho de 2008

BUTRE

Bom...pra quem não conhece essas tiras que aqui estão são do meu personagem Butre que teve sua publicação diária no jornal local durante 6 anos.
Resolvi dar uma paradinha nesse ano, quem sabe volto ano que vem!
Estou redigitalizando novas para postar aqui no blog.

(clique na imagem para ampliá-la)

(clique na imagem para ampliá-la)

domingo, 8 de junho de 2008

ZORAIDE...

A ZORAIDE é outra personagem que criei em 2002, é uma sátira aos professores (como eu é claro) que com muito humor, traz o dia-a-dia dessa tumultuada profissão!

VIDA BESTA



Adoro o trabalho deste cara, ele é simplesmente incrível!
(clique na imagem para amplia-lá)

sexta-feira, 6 de junho de 2008